notícias

A revolução das mensurações midiáticas está mais próxima do que se imagina.

23 de junho de 2017

Audiência ou engajamento? A revolução das mensurações midiáticas está mais próxima do que se imagina.

O Meio e Mensagem da última semana traz um alerta interessante: já não é mais suficiente mensurar a eficiência da publicidade através da análise de audiência.
A televisão ainda é a grande rainha das mídias, detendo a maior parte do investimento em publicidade. Mas o crescimento do investimento em mídia online tem ultrapassado as expectativas e destaca o óbvio: o consumidor não está em um só meio de comunicação.
Porém o crescimento do investimento em publicidade online no Brasil tem como limitantes o fato de que 60% da população ainda não tem acesso à banda larga e de que a televisão, acessível para 99% da população, não dá sinais de enfraquecimento como plataforma de consumo de conteúdo.
O grande X da questão então reside na resposta do público aos meios que consome. No caso das mídias tradicionais, ele é exposto muitas vezes sem ter direito a escolha. Já nas mídias online, o engajamento é justamente a resposta desse público a conteúdos que ele deseja e aprecia, por livre e espontânea vontade.
Cabe então aos profissionais das áreas de comunicação e marketing aprenderem a decifrar estes sinais dados não pela audiência, mas pelo engajamento, que gera retorno ainda mais garantido às marcas.
O artigo de sete páginas, com gráficos e detalhes da pesquisa realizada pela PwC, incluindo o atual cenário da crise no país, é de autoria de Bárbara Sacchitiello e pode ser conferido no link: https://goo.gl/Yj4wYH



Compartilhe:

Gostou?
Também podemos fazer por você!

Entre em contato

W Comunica - Todos os direitos reservados - 2016